Valores

'Você só tem que dar à luz por cesariana se necessário'


Os partos cesáreos estão em alta. De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), que recomenda que todo esse tipo de intervenção seja entre 17 e 20 por cento dos partos, revela que em países desenvolvidos como a Espanha, esse número chega a 25 por cento dos nascimentos, o que significa pelo menos 5 por cento das cesarianas são desnecessários.

Embora todos saibamos que o parto cesáreo é uma operação com risco de complicações muito graves e até fatais, os médicos do recente Congresso Global de Saúde Materno-Infantil registram um aumento excessivo de cesáreas nos países desenvolvidos. Em países não tão desenvolvidos como a Etiópia, a taxa de cesarianas é de 1%.

O presidente do Congresso, Lluís Cabrero, alerta: "Só é preciso fazer uma cesariana se for preciso". Segundo ele, na Espanha, as clínicas privadas praticam 29% desse tipo de intervenção, enquanto nas clínicas públicas esse percentual chega a 21%.

Cabrero acredita que esse aumento se deve ao aumento da idade das mães para ter o primeiro filho. Na Espanha, a idade média em que as mulheres têm seu primeiro filho é de 31,5 anos e, logicamente, isso pode levar a patologias como hipertensão e diabetes. Além disso, ele aponta a frequente maternidade de mulheres com doenças como diabetes, que antes decidiam não ter filhos.

As mulheres que estão para dar à luz devem saber que essa prática deve ser justificada pelos médicos e não sob demanda para seu conforto e bem-estar. A cesárea pode causar lesões, ou seja, hemorragias, infecções em órgãos vizinhos, e até mesmo lesões ao feto e problemas psicológicos. “Não é o mesmo que tirar um dente”, lamenta Cabrero.

Apenas cesariana deve ser realizada quando o canal de saída é menor que o feto; quando a criança vai sair mal posicionada (bunda ou enrolada no cordão umbilical etc.); quando há sofrimento fetal agudo e em partos sazonais quando não há dilatação e a mulher não pode permanecer em trabalho de parto por dias.

Você pode ler mais artigos semelhantes a 'Você só tem que dar à luz por cesariana se necessário', na categoria de Entrega no Local.


Vídeo: FALTA DE DILATAÇÃO NO PARTO. PALAVRA DO ESPECIALISTA COM DR. GILBERTO MELLO (Setembro 2021).