Valores

Meu filho pode pegar Ebola?


Cada vez que ouvimos falar de uma nova epidemia, começamos a tremer. É algo que acontece com todos os pais. No entanto, existem doenças que, embora pareçam muito perigosas, são mais controláveis, pois seu contágio se dá por meios diretos, e não como a gripe, que enxameia pelo meio ambiente e por toda parte com liberdade. O ebola, por pior que pareça, pode ser evitado. Explicamos como.

Ebola é um vírus violento mas isso se espalha menos rapidamente do que outros vírus. Não é uma doença que ataca especialmente as crianças e seu contágio pode ser controlado. Estes são os pontos básicos que você deve saber sobre esta doença:

1. O Ebola é um vírus. Mas não é um vírus transmitido pelo ar. Não se espalha pela tosse ou espirro. Seu contágio ocorre de forma direta, pelo contato com o sangue ou excrementos da pessoa infectada. Seu contágio pode ser controlado isolar o paciente infectado. As pessoas com maior risco de infecção são os profissionais de saúde que cuidam do paciente com ebola. Sua origem ainda é desconhecida, embora se saiba estar relacionada a animais infectados. Por exemplo, algumas espécies de morcegos frugívoros transmitem a doença. Incube de 2 a 21 dias.

2. Sintomas, entre outrosEles incluem febre muito alta, fraqueza muscular, dor de cabeça, vômito, diarreia e sangramento interno. O ebola afeta o endotélio capilar e várias células do sistema imunológico.

3. Não há tratamento ou vacina que o curam, embora esteja sendo experimentado de várias maneiras. No momento não existe nenhum medicamento ou vacina 100% eficaz para erradicar o ebola.

4. Uma vez infectado, ebola é muito letalEmbora dependa da sua tipologia (existem vários tipos de Ebola). Aquele que se espalhou pela África Ocidental desde 2013 é o mais perigoso. Mata em 90% dos casos.

5. O risco de expansão do ebola nas Américas e na Europa é baixo. Existem muitos controles de saúde nas fronteiras. Lembre-se de que o ebola matou menos de mil pessoas desde 2013, enquanto a malária, por exemplo, mata cerca de mil crianças menores de cinco anos por dia.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Meu filho pode pegar Ebola?, na categoria Saúde no local.


Vídeo: Você e o Doutor: conheça os sintomas e saiba prevenir a hepatite A (Setembro 2021).