Valores

Segunda gravidez: qual é a melhor época?


A idade biológica da mulher geralmente define o padrão para a segunda gravidez na sociedade atual. Especificamente, em Espanha, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), 30 por cento das mulheres têm o primeiro filho depois dos 35 anos.

Na maioria dos casos, o segundo bebê chega por volta dos 35 anos, momento em que a taxa de infertilidade faz com que as chances de conseguir uma nova gravidez diminuam notavelmente e fiquem em 8%.

Depois dos 38 anos, essa porcentagem cai para 3%. Porém, a idade da mulher influencia não só na hora de engravidar, mas também nas complicações que uma gravidez pode causar em certas idades. O estado físico de um corpo, que já passou por uma gravidez e parto, é uma questão importante a ser avaliada, uma vez que uma segunda gravidez não costuma ser enfrentada nas mesmas condições físicas da primeira.

Além da idade biológica e condição física, deve-se levar em consideração a energia necessária para cuidar de duas crianças de diferentes idades. Pensar no futuro, nas forças necessárias para atender aos cuidados, alimentação, educação e proporcionar o bem-estar necessário à criança para seu correto desenvolvimento é fundamental para o enfrentamento de uma segunda gravidez. Em geral, as energias não são as mesmas aos 40 e aos 50. Por outro lado, o pai também não é um recém-chegado e os medos e dúvidas vividos com o primeiro filho já foram deixados para trás. Sua experiência em cuidar do primeiro bebê será muito valiosa nesta nova fase que está começando.

Preparar o primogênito para a chegada de seu novo irmão é fundamental para alcançar estabilidade emocional. Essa estabilidade será muito benéfica para a família e contribuirá positivamente para o desenvolvimento do dia a dia. O papel do pai na dinâmica familiar, seu envolvimento, sua ajuda e sua motivação farão com que a chegada do segundo filho seja um acontecimento muito especial. Sua integração natural e espontânea na família evitará o ciúme do primogênito e promoverá um bom relacionamento entre os dois irmãos desde o início. O ciúme do irmão mais velho pode se tornar um problema de convivência e os pais devem fazer todos os meios para que o filho viva a chegada do irmão mais novo como uma experiência enriquecedora e não como uma perda de privilégios.

Após o parto, o trabalho é multiplicado por dois. Os pais passaram a ter dois filhos para cuidar e, dependendo da diferença de idade entre eles, perceberão que o tempo disponível para cuidados pessoais e dedicação é significativamente reduzido. Um segundo filho também implica um reajuste da economia familiar. As fraldas, a comida, as roupas, a decoração do quarto e, depois, a creche ... Tudo se traduz em dinheiro e despesas. A chegada de um novo membro à família representa um bom gasto financeiro. Mas, com muito trabalho em equipe e tempo para se ajustar às novas demandas da família, a recompensa é grande.

Marisol New.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Segunda gravidez: qual é a melhor época?, na categoria Ficar grávida no local.


Vídeo: COMO DESCOBRI A SEGUNDA GRAVIDEZ. Melissa Rodrigues (Setembro 2021).