Autismo

6 chaves para crianças com autismo para um feliz natal


Já está aqui. O natal está aqui. As ruas estão cheias de luzes, ruídos e gente que destrói as lojas de qualquer cidade que seja terceira. As casas começam a desabar de nougat, polvorones, mantecados e outra série de doces que nos fazem ganhar alguns quilos. E as famílias ... Pois bem, as famílias vão enervando-se com a correria, o nervosismo e todos esses estímulos que, pra falar a verdade, são maravilhosos, mas que, muitas vezes, se tornar um desafio que todos nós queremos desfrutar sem nos cobrar.

Se a esse estado em que alguma família está submersa acrescentarmos ter um filho ou filha com Transtorno do Espectro Autista em casa, pode se tornar um desafio que não deixa nenhum dos parentes mais próximos indiferentes, principalmente pais e irmãos. Por isso decidi escrever uma reflexão, na qual você encontrará algumas chaves para que crianças com autismo têm um feliz natal.

Essas considerações o ajudarão a explicar a uma criança com autismo o que é o Natal, como agir nessa época e, da mesma forma, flexibilizar o comportamento nesses dias de constante mudança.

1. Explique ao seu filho o que é o Natal
Se considera que o seu filho ainda não sabe muito bem quais são as rotinas habituais destes encontros, em que consistem as festas, porque as fazemos, etc., é um bom momento para lhe explicar todas estas questões de forma simples.

Passe algum tempo com ele fazendo desenhos das coisas que vão acontecer durante essas férias, quando não há escola. Você pode usar um calendário para marcar as datas mais importantes para alterações. Desta forma, você pode dizer a ele se você vai a algum lugar especial, se vai jantar na casa de alguém, se vai passar alguns dias de férias, etc.

2. Antecipe o que você vai fazer durante o Natal com uma programação visual
Reserve um tempo para, como no ponto anterior, encontrar seu filho por alguns minutos todas as manhãs, no início da manhã, e contar a ele com uma programação visual o que vai acontecer durante o dia. Esses dias são geralmente datas marcadas pelas mudanças que ocorrem (ir às compras, visitar parentes ou fazer qualquer outra atividade que não seja frequente em casa).

3. Cuidado com as mudanças durante essas semanas
As mudanças costumam agitar as pessoas com autismo. Eles preferem situações mais rotineiras e estáveis ​​em que sabem o que vai acontecer. Se você pode prever qualquer uma das mudanças que irão ocorrer, antecipe-as para seu filho.

Se, por outro lado, a mudança foi repentina, conversem um pouco sobre isso de forma simples. Para fazer isso, contando com desenhos visuais. Dê a ele os comportamentos que você espera que ele execute e explique como ele deve se sentir a respeito dessas mudanças. Por exemplo, “a gente não vai na casa da vovó porque ela está doente, fica em casa jogando baralho. Estamos todos felizes e tranquilos ”.

4. Atenção aos estímulos
Pessoas com autismo costumam ter hipossensibilidade ou hipersensibilidade a estímulos de vários tipos, especialmente visuais e sonoros. Como esses encontros costumam ser muito agitados, tente manter seu filho em um ambiente calmo se ele tiver algumas dessas características. Se você não tem escolha a não ser apresentar seu filho a qualquer uma dessas situações, pode experimentar fones de ouvido que isolam ruídos, um mp3 com sua música favorita ou um brinquedo que seja do seu interesse.

5. Trabalhe nas questões escolares durante o Natal
Trabalhar no Natal algumas das questões que já estão sendo feitas no centro educacional com seu filho deve fazer parte do dia a dia. Além disso, os motivos não são apenas acadêmicos, mas a realização de algumas atividades familiares e simples o ajudará a ter um maior senso de controle e, portanto, na maioria das vezes, deve ser algo agradável para ele. Se você não consegue encontrar um dever de casa de que goste, talvez possa ajudar nas tarefas domésticas.

6. Aproveite a família
Às vezes esquecemos o mais importante nessas datas: curtir a família. Descanse e reserve um tempo para estar com seu filho. Criar vínculos afetivos que desenvolvam maior estabilidade emocional no lar familiar.

Feliz Natal a todos!

Você pode ler mais artigos semelhantes a 6 chaves para crianças com autismo para um feliz natal, na categoria Autismo no local.


Vídeo: Gêmeos com autismo fazem homenagem de dia das mães (Junho 2021).