Depressão e ansiedade

Tratamento para depressão infantil


A depressão também pode afetar as crianças. Existem sintomas que indicam que a criança pode estar deprimida, como mudanças repentinas de humor, acessos de raiva por qualquer causa ou alto nível de ansiedade.

Os pais são os mais indicados para detectar se a criança pode estar em processo de depressão, mas será finalmente o psicólogo que poderá ajudá-lo a resolver o seu problema.

A psicóloga Silvia Álava nos conta em que consiste o tratamento da depressão infantil, como o psicólogo atua para enfrentar o problema e que tipo de técnicas utiliza.

1. O que o psicólogo faz para tratar a depressão infantil?

O que nós, psicólogos, fazemos para tratar a depressão infantil é sempre essencial em colaboração com os pais. A primeira coisa que pedimos aos pais é observar e registrar o que a criança faz, o que para de fazer, as coisas que chamam nossa atenção.

Num segundo momento nos sentamos com aqueles pais e comentamos sobre esses registros que eles fizeram um a um e estamos observando e estamos vendo o que poderia acontecer àquela criança para estabelecer muito bem qual é a causa do comportamento que é o que é mantê-lo e o que é muito mais importante. Diga aos pais exatamente o que fazer nessas situações. Em última análise, trata-se de estabelecer uma linha de base.

Mas também é importante trabalhar com crianças. E você tem que trabalhar com crianças porque as técnicas, às vezes o autocontrole, às vezes você tem que trabalhar a tristeza. Você também precisa trabalhar com aqueles pensamentos que podem ser mais negativos. E o que sempre será fundamental quando se trabalha com crianças é que os pais saibam exatamente as técnicas que trabalhamos para que possam se lembrar delas.

2. Que tipo de técnicas são usadas para tratar a depressão infantil?

O tratamento da depressão para crianças e adultos, a terapia cognitivo-comportamental, é comprovadamente o tratamento mais eficaz que existe. É ainda mais eficaz do que um tratamento exclusivamente medicamentoso. O que fazemos neste tipo de terapia?

Pois bem, desmontamos as ideias e os comportamentos que estão a manter essa depressão e ensinamos a criança, ensinamos os 'pais' a dar-lhes ferramentas para poderem enfrentar aquelas ideias que possam surgir e que gerem maior angústia, ou aquelas situações isso pode preocupá-los mais.

3. Quando mais drogas são usadas no tratamento da depressão infantil?

O uso de medicamentos no tratamento da depressão infantil é algo que não é usual. É verdade que em alguns casos é necessário, é usado em casos muito específicos, são sempre casos mais graves, são casos que se referem à saúde mental, e muitas vezes costumam ser outra série de comorbidades que causam e estão aí junto com depressão e, portanto, pode precisar de medicação. Mas eu já disse que são poucos os casos.

4. Quando a depressão é causada por um problema hormonal?

É importante quando a gente vê que a criança tem problema de depressão, vai ao médico, vai ao pediatra. Por quê? Porque a primeira coisa é sempre descartar a causa fisiológica da depressão.

Se existe uma causa fisiológica, se existe um problema hormonal, então aquela criança pode precisar de um medicamento farmacológico, então em psicologia sempre dizemos que para descartar algo somático é importante que primeiro seja descartada a causa fisiológica. Aí o médico fala pra gente que não tem nada fisiológico pra gente começar a trabalhar.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Tratamento para depressão infantil, na categoria Depressão e ansiedade no local.


Vídeo: Todo Seu - Depressão Infantil 220915 (Junho 2021).