Histórias infantis

Obrigado, bisavó. Conto infantil dedicado aos bisavós


As crianças que tiveram a oportunidade de conhecer seus bisavós têm muita sorte. Têm a possibilidade de aprender com a sua experiência, ouvir a sua sabedoria, receber os seus abraços ... Por isso, deixamos aqui um simpático conto que as crianças podem dedicar aos bisavós para pagar-lhes o tributo que eles merecem. É intitulado "Obrigado, bisavó".

Faltavam apenas alguns quilômetros para chegar à cidade. Guadalupe iria conhecer sua bisavó. Estava nervoso. Ele tinha ouvido falar dela em casa e não podia acreditar em tudo que se dizia dela: que se ela tivesse que emigrar, que ela teria vivido a guerra, que se ela tivesse se apaixonado por um mágico ... Enfim o grande momento.

Ao sair do carro, Guadalupe viu uma mulher muito enrugada e minúscula. Parecia muito frágil e prestes a se decompor. No entanto, seus grandes olhos azuis mostraram que ainda havia muita vida sobrando nele. O abraço entre eles foi longo e acolhedor. Os braços de sua bisavó a lembravam dos de sua mãe. Eles estavam quentes.

Sua bisavó pegou Guadalupe pela mão e a conduziu para o jardim. Lá ele deu a ele o que seria o melhor dos presentes: uma colcha de retalhos das roupas de sua bisavó, sua avó, sua mãe e dela quando ela era um bebê. Cada peça contava uma história e ao tocá-la, ele pôde descobrir as aventuras pelas quais as mulheres de sua família haviam vivido e como elas enfrentaram os problemas que se apresentavam.

Quando a noite chegou, Guadalupe dormiu em uma pequena cama coberta por aquela manta mágica. Daquele dia em diante, ele nunca mais teve pesadelos e todas as manhãs ele acordava sabendo que poderia fazer o que quisesse da vida, porque ele teve o apoio e a força das mulheres de sua família. Se eles tivessem sido capazes de realizar seus sonhos, ela também o faria: queria ser escritora.

E é que Guadalupe não só recebeu uma colcha naquele dia, mas ele adquiriu um passado, o passado de sua família. É assim que seu primeiro livro narra a vida de quatro mulheres chamadas Guadalupe. Cada um viveu um momento histórico, uma situação econômica diferente, problemas diferentes; Mas todos eles tiveram a mesma alegria: ter uma filha que chamaram de Guadalupe. O livro foi um grande sucesso e Guadalupe não esqueceu de agradecer todos os dias à bisavó por ter sempre sido a memória de sua família.

Propomos algumas perguntas simples para ajudá-lo a verificar se seus filhos compreenderam a história que acabaram de ler. Pense neles como um jogo, nunca como um interrogatório ou uma prova escolar. Você sabe que quando as crianças se divertem, eles aprendem muito melhor.

1. Qual é o nome do protagonista da história? E sua bisavó? E sua mãe?

2. Ao ver sua bisavó, a menina ficou com muito medo. Verdadeiro ou falso?

3. O que a bisavó deu a Guadalupe?

4. Guadalupe não gostou muito do presente e, portanto, nunca o usou. Verdadeiro ou falso?

5. Como Guadalupe se sentiu graças à colcha de retalhos?

6. O que a garota queria ser quando crescesse?

Se quiser ler mais histórias em que os familiares são os protagonistas, embarque na viagem proposta pelas histórias do nosso site!

Você pode ler mais artigos semelhantes a Obrigado, bisavó. Conto infantil dedicado aos bisavós, na categoria Contos infantis no site.


Vídeo: Ali Babá e os 40 Ladrões. Historia completa - Desenho animado infantil com Os Amiguinhos (Junho 2021).