Nutrição infantil

A importância da aveia na alimentação infantil


o cereais são um dos grupos de alimentos mais atraentes do dieta infantil, tanto por seu conteúdo em macronutrientes quanto em micronutrientes. A aveia é, entre elas, uma das mais saudáveis ​​que podemos oferecer aos nossos filhos. Você quer saber por que deve estar presente na dieta do seu filho e o que é realmente importância da aveia na dieta das crianças?

A aveia contém minerais, vitaminas e antioxidantes, e quando consumida não refinada também possui grande quantidade de fibras e tudo isso em uma quantidade não muito alta de calorias (principalmente de carboidratos complexos).

É um cereal com muitos benefícios para a saúde de crianças e adultos, mas que às vezes esquecemos. Atento a tudo que a aveia pode contribuir para o seu benefício!

- Pare de obesidade
Um dos principais benefícios nutricionais da aveia é o seu conteúdo de carboidratos. A aveia tem um teor de carboidratos de mais de 65%, dos quais apenas 1% é composto por carboidratos simples ou açúcares simples, o restante são polissacarídeos como o amido e as fibras.

Os carboidratos simples não são altamente recomendados na dieta infantil, devido à sua estreita relação com a obesidade entre outras doenças, e sua contribuição deve ser limitada a no máximo 10% da energia diária, para que a aveia tenha uma composição ideal.

- Promove o trânsito intestinal
Além disso, o amido da aveia, ao contrário dos outros cereais, apresenta um maior teor de gordura, aumentando a atratividade deste cereal, pois o torna ainda mais completo (contém os três grupos de macronutrientes). Além disso, uma parte do amido presente na aveia não é digerida, desempenhando funções fisiológicas semelhantes às da fibra, como, por exemplo, estimular o trânsito intestinal, protegendo contra a constipação.

- Perfeito para crianças diabéticas
A fibra, por sua vez, pode ser solúvel e insolúvel. A aveia contém mais fibra solúvel do que outros cereais, tornando sua digestão mais lenta e a liberação da energia derivada de seu consumo mais progressiva, ideal para crianças com diabetes. A fibra solúvel da aveia ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, reduzindo a necessidade de insulina.

- Ajuda a reduzir o colesterol
O Aventa, devido ao seu conteúdo, aumenta a excreção de sais biliares e reduz o colesterol, especialmente o LDL (conhecido como colesterol ruim), protegendo assim contra doenças coronárias. Os sais biliares são responsáveis ​​pela eliminação de compostos potencialmente tóxicos para o organismo, como resíduos de medicamentos, além da bilirrubina e do colesterol, evitando que se acumulem tanto no sangue quanto nos tecidos gordurosos do organismo.

- Protege contra o câncer
A aveia serve como meio de eliminação de algumas substâncias cancerígenas, protegendo assim contra alguns tipos de câncer. São um meio ideal para o estabelecimento de bactérias benéficas no cólon, muito úteis porque produzem vitamina K e ajudam a eliminar substâncias potencialmente cancerígenas.

- Excelente para o desempenho escolar da criança
Possuem um grande poder saciante, ou seja, a criança não precisará mais bicar depois de comer uma boa tigela de mingau de aveia no café da manhã. Primeiro, porque você não sentirá fome e, segundo, porque as calorias fornecidas serão liberadas aos poucos e à medida que forem necessárias, o que pode ser benéfico para o seu desempenho acadêmico.

- Aliado em desenvolvimento e crescimento
Quanto aos minerais, destaca-se o teor de manganês, embora também contenha outros em quantidades não desprezíveis, como fósforo, cobre, selênio, ferro, zinco ou magnésio. O manganês, além de fazer parte dos ossos e tecidos, é de grande importância na adolescência, pois está envolvido na formação de muitos dos hormônios envolvidos no desenvolvimento. Além disso, alguns estudos revelaram que baixos níveis de manganês na dieta podem afetar a função cerebral e as conexões neurais, tornando o aprendizado difícil.

- Poder antioxidante
Outro atrativo da aveia é seu poder antioxidante, que reside na presença de compostos específicos que, como as avenantramidas, se ligam aos polifenóis já conhecidos. Os antioxidantes protegem contra os radicais livres, que, além de aumentar o risco de vários tipos de câncer, aumentam o risco de doenças celulares e envelhecimento precoce. Além disso, as avenantramidas, conforme revelado por estudos científicos, têm efeitos ainda mais benéficos para a saúde.

Alguns dos benefícios da aveia que estão sendo estudados atualmente - embora ainda não tenham resultados completamente conclusivos - são muito interessantes para as crianças. Por um lado, destaca seu potencial para prevenir o aparecimento de asma e, por outro, sua capacidade de aumentar a força do sistema imunológico no tratamento de infecções microbiológicas.

A aveia é um dos poucos cereais sem glúten, mas contém uma proteína muito semelhante, a avenina. Embora muitos celíacos tolerem perfeitamente a aveia, é melhor introduzir este ingrediente com cautela na dieta de bebês celíacos, até saber se desenvolverá uma reação cruzada à avenina.

Além dos potenciais efeitos negativos para celíaca intolerante à avenina, há também outras desvantagens em seu consumo. Aveia crua, crua ou crua, seca, não deve ser comida e muito menos oferecida a um menino, principalmente devido ao amido e fitatos.

O amido presente na aveia é muito difícil de digerir se consumido seco e pode causar dores de estômago e até cólicas abdominais em crianças. O líquido em que a aveia é embebida ou cozida facilita a digestão do amido, amaciando as membranas e facilitando sua quebra.

O amido já quebrado, ao chegar ao estômago, passa de uma grande cadeia de polissacarídeos a pequenas porções de açúcares. Esses pequenos açúcares ou monossacarídeos são o que servem para alimentar as células do corpo.

Por outro lado, a aveia contém fitatos, que são uma desvantagem para a absorção de certos minerais. Os fitatos são estruturas que incluem minerais como ferro, cálcio, zinco, magnésio ou manganês, tornando-os inacessíveis ao corpo. A estrutura que combina o fitato e o mineral não consegue chegar ao sangue, perdendo-se nas fezes. O processo de imersão ou cozimento da aveia, além de facilitar a digestão do amido, remove grande parte dos fitatos, portanto o cozimento ou imersão da aveia é fundamental para obter o máximo benefício deste cereal.

Certamente depois de ter lido todas as vantagens de incorporar aveia na dieta de seus filhos, você pode estar se perguntando, como faço para incluí-lo em meus pratos? Aqui estão algumas idéias!

- aveia mingau
Se tiver filho pequeno (a aveia é um cereal que pode ser introduzido a partir dos 6 meses de idade no início da alimentação complementar), pode adicioná-lo ao mingau ou mingau. É um cereal que, como o arroz, por exemplo, leva um tempo relativamente longo para cozinhar. Variedades semiprocessadas (levemente refinadas para facilitar o processo) podem ser encontradas no mercado que requerem pouco ou nenhum cozimento, bastando embeber em água quente ou leite.

- Farinha de aveia em ensopados
Se a criança for mais velha, a aveia pode ser usada em flocos bem ralados, como substituto do pão ralado, tanto para revestir quanto para adicionar em guisados ​​para engrossar ou nas mesmas almôndegas, reduzindo ligeiramente o conteúdo calórico da massa, mas principalmente reduzindo a quantidade de sódio.

O sódio é um dos minerais mais problemáticos no dieta infantil, já que geralmente é adicionado em excesso, não só porque às vezes adicionamos muito sal às refeições, mas porque as crianças têm uma tendência especial de consumir lanches muito salgados.

- Frutas + aveia: uma combinação perfeita
Eles também podem ser adicionados a smoothies ou sucos, tão na moda hoje. A combinação de aveia e frutas faz desses sucos - incluindo a polpa da fruta, claro - um coquetel nutritivo muito potente que pode substituir perfeitamente um café da manhã ou um lanche infantil, pois fornece energia, vitaminas e minerais de liberação controlada.

- Aveia na salada
Flocos de aveia refinados –que não precisam de hidratação- podem ser adicionados à salada, aumentando assim seu potencial calórico e tornando o prato de vegetais algo mais nutricionalmente completo e adequado para vegetarianos / veganos. A salada - apenas com produtos vegetais - pode ser insuficiente para suprir as necessidades energéticas da criança, pois, para isso, ela precisaria consumir quantidades muito elevadas. No entanto, adicionar farinha de aveia resolve esse pequeno inconveniente.

- Biscoitos de aveia
Além disso, tanto na forma de farinha quanto em flocos, a aveia pode ser utilizada como ingrediente no preparo de biscoitos caseiros, muffins ou bolos, e também barras energéticas, proporcionando todos os seus benefícios.

- Outro prato com aveia
A aveia também pode ser utilizada como substituto da farinha de trigo, para engrossar pratos e molhos, ou mesmo para cozinhar um molho bechamel e como ingrediente em massas que não requerem levedura pesada, como para fazer uma pizza caseira.

Depois de tudo o que dissemos, você está pronto para começar incorporar este cereal na dieta de seus filhos, mas também na sua?

Você pode ler mais artigos semelhantes a A importância da aveia na alimentação infantil, na categoria Nutrição Infantil no Local.


Vídeo: Daniel Tigre em Português - Comer Alimentos Saudáveis (Dezembro 2021).