Linguagem - Fonoaudiologia

A relação entre respiração e voz em crianças


A respiração e a voz são dois processos intimamente relacionados, a tal ponto que falar corretamente depende muito de saber respirar bem. É muito importante que as criançasaprenda a respirar bem para que tenham uma fonação saudável desde jovens e evitem o surgimento de desconfortos relacionados à linguagem e ao aparelho respiratório.

Algunsdistúrbios da fala que afetam crianças e adultos, por exemplo, afonia ou algumas lesões nas cordas vocais, são causadas por técnicas respiratórias inadequadas. Também doenças como angina, faringite ou laringite aparecem como resultado deste problema.

O processo de comunicar por voz nas crianças é idêntico ao dos adultos, embora na puberdade o tom piora devido a mudanças nas estruturas que produzem o som, mais perceptíveis nos machos.

Para produzir a voz, é imprescindível que o ar entre nos pulmões pela respiração e que ao sair faça vibrar as cordas vocais, fundamental para falar corretamente.

Quando a criança respira incorretamente, introduz menos ar e isso reduzirá sua potência vocal e sua capacidade de alongar os sons, já que sua frequência respiratória diminui.

Além disso, o ar que entra nos pulmões da criança transporta oxigênio. Se a contribuição desse gás for baixa, sua concentração no sangue também diminui, o que pode reduzir suas habilidades psicomotoras.

Também é muito comum as crianças respirarem pela boca em vez de pelo nariz. Esse processo evita o aquecimento do ar e a ação antipatogênica que ocorre nas narinas. Portanto, o mau hálito pode causar doenças respiratórias que afetam a fala.

Embora respirar seja um processo involuntário, é necessário aprender a fazê-lo bem e é muito mais fácil se for feito na infância. A técnica recomendada por especialistas é chamada de respiração diafragmática, que permite encher os pulmões por baixo, graças à ação do diafragma. Isso aumentará sua capacidade de produzir sua voz e seu suprimento de oxigênio.

Para ensinar esta técnica ao seu filho, você deve explicar a importância de introduzir ar pelo nariz e expulsá-lo pela boca. Coloque a mão no abdômen, exatamente onde termina o esterno, para sentir como ele sobe quando você introduz o ar.

Pratique a respiração diafragmática com a criança várias vezes ao dia, para que ela se acostume a respirar bem involuntariamente, abandonando os maus hábitos que podem levar a distúrbios da fala.

Patricia garcia. Editor do nosso site

Você pode ler mais artigos semelhantes a A relação entre respiração e voz em crianças, na categoria Idioma - Fonoaudiologia presencial.


Vídeo: Exercício Simples para Quem tem a Voz Fraca ou Para Dentro (Junho 2021).