Pós-parto

Algumas dicas de saúde sexual pós-parto que você precisa saber


Falamos de doenças sexualmente transmissíveis, as melhores posições para engravidar ... Mas e quanto saúde sexual após o parto? Devemos ter em mente que muitas são as situações em que as relações íntimas da mulher podem ser afetadas e, entre elas, o pós-parto é uma das mais complicadas.

Sabe-se de todos que durante a gravidez as relações sexuais diminuem, seja por fatores físicos (desconfortos como náuseas ou cansaço, dores na região vaginal, etc.), seja por aspectos mais psicológicos (medo de prejudicar o feto, baixa autoestima provocada por alterações físicas e hormonais). Porém, raramente se discute as implicações do parto, principalmente quando não se trata de cesárea e, sobretudo, sobre a situação pela qual as mulheres passam. retome sua vida sexual e sua rotina em geral.

Em primeiro lugar, é fundamental destacar o forte trauma que um parto acarreta para o corpo, o que implica em aumento do tamanho do útero, lóquios (hemorragias), lacerações e em muitos casos episiotomia. É por esta razão que a quarentena conhecida deve ser mantida, que nada mais é do que um período de 5 a 6 semanas de recuperação em que a prática sexual é desestimulada para evitar infecções ou qualquer tipo de complicação. Após esse período, e se a mulher se recuperou normalmente e não há mais sangramento, a atividade sexual pode ser retomada.

No entanto, neste caso, a generalização não funciona, e é que cada mulher é diferente e, embora os tempos de recuperação e evolução sejam diferentes dependendo da pessoa, o mesmo ocorre com o desejo sexual, por isso é comum que durante esse tempo custe mais para retomar relacionamentos íntimos.

É um momento em que há menos intimidade devido aos cuidados com o bebê, maior responsabilidade e altos níveis de exaustão. Ele também se soma ao aumento da prolactina, o hormônio responsável pela secreção do leite, e à diminuição dos estrogênios. Combinação que causa menos desejo ou desejo sexual e aumento da secura vaginal.

É muito importante que as mulheres trabalhem o fator psicológico para que entendam todas as mudanças e implicações e se sintam novamente, inclusive seu interesse pelo sexo. Após este momento, existem algumas práticas para fazer a área íntima cicatrizar mais facilmente.

1. Evite tampões
Durante as primeiras semanas após o parto, é comum sofrer pequenas hemorragias. Nesse sentido, recomenda-se o uso de compressas ao invés de tampões, para evitar maiores irritações na área.

2. Contrações
Durante a amamentação, é comum que ocorram pequenas contrações, especialmente no momento da amamentação. Isso auxilia na involução do útero e no retorno ao seu estado natural, por isso a amamentação é recomendada para potencializar esse processo.

3. Cuidados com episiotomia
Por se tratar de um corte que envolve a aplicação de pontos, é fundamental que a mulher que faz episiotomia tenha um cuidado especial com a cicatriz. A área deve ser lavada com sabão neutro e água morna. Além disso, existem géis hidratantes com função reparadora e epitelial que ajudam a reduzir a inflamação e a melhorar a cicatrização, não só da episiotomia, mas também da cesariana.

4. Fisioterapia
O parto causa distensão nas fibras musculares do canal vaginal, por isso é recomendável fazer exercícios específicos que fortaleçam as paredes vaginais.

5. Peça ajuda
Embora não afete diretamente os cuidados com a área íntima, a verdade é que é uma prática essencial para a recuperação em geral após o parto. Cuidar e alimentar um recém-nascido é um trabalho em si, uma jornada de trabalho que dura 24 horas por dia. Por isso, tanto para o bem-estar mental quanto para promover a recuperação física, os especialistas recomendam sempre pedir ajuda para que haja momentos de descanso que ajudem a mãe a retomar gradativamente sua vida, se acostumar com o novo membro do família e, em última instância, habituar-se à nova convivência.

Fonte:Dr. Fernando Losa Domínguez, ginecologista especialista em saúde vaginal e ginecosestésica da Clínica Sagrada Família de Barcelona e colaboradora do Procare Health.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Algumas dicas de saúde sexual pós-parto que você precisa saber, na categoria Postpartum On-Site.


Vídeo: Problemas relacionados ao glúten. Coluna #127 (Junho 2021).