Ficar grávida

Por que engravidar em setembro é uma boa ideia (e também uma má ideia)


No GuiaInfantil.com Começamos um projeto muito bacana, de contar como vai ficar a gravidez trimestre a trimestre de acordo com o mês do ano que começa. E, como você pode imaginar, não é a mesma coisa ficar saudável no início do ano do que no final do ano. Desta vez, nos concentramos em descobrir o que isso significa engravidar em setembro, tanto para a mãe quanto para o bebê que cresce dentro da barriga.

Se você sabe como vai evoluir sua gravidez de acordo com a estação, você se sentirá muito mais segura e confortável. Você pode até se encorajar a planejar sua gravidez com a calculadora de dias férteis! E setembro é um mês tão bom quanto o resto, em que há vantagens e desvantagens. Como se costuma dizer, cara boa ao mau tempo!

O que supõe que a gravidez comece em setembro? Pois bem, você vai viver os meses mais emocionantes de sua vida, nos quais vai perceber como, aos poucos, cresce dentro de você uma criatura que vai encher seu coração e alma de amor. O primeiro trimestre de gravidez vai de setembro a novembro, o segundo de dezembro a fevereiro e a reta final vai de março a maio. Será em junho quando você terá que estar 100% pronta porque seu bebê pode nascer a qualquer momento. Podemos começar?

1. De setembro a novembro: primeiro trimestre de gravidez

O calor sufocante do verão passou, é hora de voltar à rotina e começar novos projetos; o mais emocionante, o da sua gravidez. Nestes meses ainda não está muito frio, mas aos poucos o mau tempo vai se aproximando e você terá que preparar seu armário. Durante esses primeiros meses, é comum sentir-se muito mais cansado do que o normal. Tente descansar o máximo possível!

Nestes primeiros dias não costuma haver muitos sintomas ou desconforto, exceto náuseas ou vômitos (calma, passam no segundo trimestre) e a frequente vontade de urinar. Isso ocorre porque os rins trabalham com mais eficácia para remover os resíduos do corpo. Nada acontece, basta lembrar que você não deve tolerar a vontade de ir ao banheiro fazer xixi. Se você sentir uma pontada ou uma dor leve ao urinar, consulte o seu médico, caso seja uma infecção.

2. Atenção: o segundo trimestre da gravidez vai de dezembro a fevereiro

As férias de Natal chegam com o seu segundo trimestre de gravidez, o que significa que este Natal vai ser muito especial. Todo mundo vai falar do bebê no caminho! Se a náusea já passou por completo, você pode sentir muita fome e como no Natal sempre há coisas muito saborosas para comer ... Dê a si mesmo alguns caprichos, mas evite indulgências, eles não vão te fazer bem.

Consulte seu médico, mas ele provavelmente recomendará que você tome a vacina contra a gripe, caso ainda não a tenha tomado nesta época do ano. É importante proteger você e seu bebê!

Nesta fase, a barriga começa a crescer e ser notada. Há mulheres que imediatamente ficam com a barriga grande e outras que passam por não estar grávidas. Seja qual for o seu caso, para evitar que os lenços se rompam e as odiosas estrias apareçam, comece a se cuidar o mais rápido possível com os hidratantes anti-estrias específicos. Assim a sua pele ficará bem hidratada e ganhará elasticidade, o necessário para que o seu abdómen cresça sem sofrer ao ritmo que o seu pequeno.

3. O terceiro trimestre de gravidez será de março a maio

O frio do inverno está a desaparecer aos poucos (não se desfaça das suas roupas quentes de maternidade por via das dúvidas) e os dias de sol estão cada vez mais visíveis. Sua barriga cresce e se fica mais pesada, mas como o tempo está bom, você terá que se esforçar para caminhar todos os dias. Seu bebê fica maior e em poucos dias estará posicionado com a cabecinha embutida em sua pélvis, as caminhadas diárias farão com que ele se adapte à sua nova posição com conforto.

Talvez suas costas doam ou você perceba que o nervo ciática é comprimido a cada dois ou três. São coisas normais na reta final da gravidez, conforme o bebê ganha peso, tudo fica mais complicado, desde andar sem se equilibrar, dormir bem à noite, até o desconforto de ter que ir ao banheiro a cada duas ou três. Para evitar esses e outros incômodos, antes de mais nada, leve as coisas de forma lenta e positiva, em poucos dias você terá seu filho nos braços e tudo voltará ao seu lugar.

Como posso saber se estou em trabalho de parto? Por mais que você já saiba sobre o assunto, essa pergunta aparecerá cada vez mais conforme o prazo se aproxima. Usar nossa calculadora para saber com um pouco mais de certeza quando está prevista sua entrega. Lembre-se de que o bebê pode chegar mais cedo do que o esperado, por isso é melhor estar preparado.

A partir da 40ª semana, se o seu bebê ainda não decidiu sair, os médicos podem optar por agendar o parto. Em qualquer caso, você pode ficar tranquilo, será bem cuidado.

O dia tão esperado finalmente chegou, seu filho nasceu e tudo correu bem, você pode tomá-lo nos braços e dar-lhe aquele beijo cheio de amor que você tem guardado nestes nove meses. Parabéns mãe!

Seu bebê já faz parte da família, que emoção! Ele nasceu no mês de junho e o verão está se aproximando, então você deve estar ciente altas temperaturas para que não afetem o bebê, vista-o com roupas leves e amamente com freqüência.

É também hora de pensar aos poucos em se recuperar, para isso é preciso ter tempo, apoiar-se nos outros, se deixar ser amado e pedir à sua parteira tudo o que você precisa. Quer você tenha feito uma cesariana ou um parto convencional, precisará de uma série de cuidados e exames médicos para realizá-la da melhor maneira possível. Lembre-se também de comer bem e beber bastante água.

Parabéns mãe!

Você pode ler mais artigos semelhantes a Por que engravidar em setembro é uma boa ideia (e também uma má ideia), na categoria Ficar grávida no local.


Vídeo: IDEIAS DE NEGÓCIOS: COMO TER UMA BOA IDEIA DE NEGOCIO? (Agosto 2021).