Linguagem - Fonoaudiologia

Jogo de quebra-cabeça para crianças com transtorno do desenvolvimento da linguagem


'Ele vai falar'. Aquela frase que, às vezes, é dita sem pensar pode esconder um distúrbio do desenvolvimento da linguagem (LDD) ou disfasia do desenvolvimento e que nada mais é do que um dificuldade de processamento de linguagem Seu diagnóstico é confuso, pois muitas vezes é atribuída à criança uma timidez de caráter quando as circunstâncias são diferentes. A falha em lidar com isso a tempo pode levar a problemas acadêmicos, de linguagem oral, sociais ... Guiainfantil.com nós te dizemos como treinar a linguagem da criança em casa.

Como posso treine o idioma de casa? É comum ouvir esta pergunta e para isso, tentaremos oferecer-lhe uma ideia simples, mas que permite uma grande variedade de opções de treino: um puzzle caseiro para trabalhar a linguagem com crianças.

Útil para todas as crianças de cinco ou seis anos com as quais se pretende treinar e melhorar aspectos da linguagem como: vocabulário, construção de frases, fala oral, compreensão de frases ou mesmo conceitos espaciais (cima-baixo, dentro-fora , direita-esquerda, etc.)

A seguir, contaremos mais sobre a criação do material de que precisaremos e a variedade de tarefas que podemos executar em casa. Em três etapas simples, podemos criar uma infinidade de quebra-cabeças de treinamento de idiomas, fácil e barato, podendo criar quantas opções você quiser:

- Escolha uma folha
Através da internet ou mesmo de revistas podemos pesquisar imagens de personagens ou lugares que gostamos. Esses selos que contêm muitos pequenos detalhes serão especialmente úteis. Devemos imprimir dois exatamente iguais ou, na falta disso, fazer uma fotocópia do original para termos duas cópias.

- Grades nas folhas
A seguir, com um simples marcador e, mesmo com o computador se preferir e tiver controle, vamos desenhar uma grade nas duas folhas, com tantos quadrados quantas peças de quebra-cabeça queiramos obter. Antes de fazer a divisão, devemos levar em consideração o nível e a idade que vamos querer treinar, podendo fazer quebra-cabeças simples de cerca de 6 peças e até 20 peças ou talvez mais para aumentar a dificuldade.

- Laminar e cortar
Como última etapa na preparação do material, aconselhamos sempre laminar as duas lâminas para endurecer, proteger e facilitar a manipulação do que será o quebra-cabeça, embora esta última etapa seja sempre totalmente opcional. Posteriormente, apenas uma das duas folhas deve ser cortada seguindo as grades, deixando a outra com as grades visíveis e simplesmente não cortada, pois é ela que deve servir de modelo e referência.

E é hora de brincar, de se divertir e, acima de tudo, de treinar a linguagem da criança. Como podemos tirar proveito do quebra-cabeça criado? Aqui, propomos três atividades divertidas

1. Memória e velocidade
Colocando todas as peças voltadas para baixo, sem ter o tabuleiro original à vista, teremos que virar uma pequena peça e observá-la cuidadosamente por alguns minutos. Então será importante tentar dizer em voz alta todos os detalhes de que nos lembramos (por exemplo: havia uma peça de calça vermelha e uma bola de basquete logo abaixo) e depois virar o tabuleiro. O vencedor é aquele que achar mais rápido o lugar exato ao qual a peça pertence.

2. Você explica, eu acho
Colocando todas as peças viradas para baixo e o tabuleiro virado para cima, um explicará alternadamente o que vê na peça e o outro, de acordo com os detalhes explicados pelo primeiro, terá que descobrir a que parte do tabuleiro se refere. É um jogo ou uma dinâmica de equipa, onde é necessária uma explicação muito detalhada (por exemplo: procure no tabuleiro uma peça onde pode ver um pequeno pedaço de nuvem e um raio de sol, também vê um pássaro verde por perto e um avião de distância).

3. Acumulação de peças
O desenvolvimento desta proposta é simples: todas as peças são colocadas sobre a mesa e, dando um slogan claro como 'procure imagens que comecem com a letra p', 'procure imagens que sejam marrons' ou 'procure imagens que estejam relacionadas com a escola ', teremos que encontrar aquelas peças que são solicitadas. Ganhará quem encontrar o que é pedido, mas sempre justificando, é claro, por exemplo, p para bola, pedrinha ou lápis escolar, e depois colocar no quadro.

Você viu que maneira simples e divertida de passar o tempo com seu filho e, aliás, que ele mal consegue se dar conta disso? treine e desenvolva sua linguagem?

Você pode ler mais artigos semelhantes a Jogo de quebra-cabeça para crianças com transtorno do desenvolvimento da linguagem, na categoria Idioma - Fonoaudiologia presencial.


Vídeo: Jogo matemático - Quebra cabeça: Cédulas (Junho 2021).