Ortopedia e traumatologia

Os grandes inimigos das costas das crianças


A falta de atividade física, o peso excessivo das mochilas e os hábitos posturais inadequados causados, em muitos casos, pela falta de ajuste do mobiliário escolar, são alguns dos grandes inimigos das costas das crianças. A dor nas costas, variando de uma dor incômoda à escoliose, está aumentando e afeta até 70% das crianças atualmente.

De acordo com especialistas do Fundação Kovacs, um terço das crianças em idade escolar carrega uma carga superior a 10 por cento de seu peso, o limite recomendado para adultos. Portanto, não é surpreendente que cada vez mais crianças sofram de dores nas costas, antes dos 15 anos.

O peso da mochila escolar não deve exceder 15 por cento do peso corporal da criança. Deve ser adaptada à idade e ao tamanho da criança, por isso não é aconselhável usar a mesma mochila por vários anos. O não cumprimento dessas advertências pode levar a problemas musculares ou sobrecarga em crianças.

- Exercício físico. Dentre todas as medidas preventivas de desconforto nas costas, a atividade física na infância é a mais importante do ponto de vista dos especialistas. É essencial e necessário que a coluna vertebral das crianças adquira sua forma adequada e definitiva. A prática de exercícios físicos previne e reduz o risco de dores nas costas.

- Móveis escolares. Outro fator a ser considerado quando se trata das causas do desconforto nas costas das crianças é a postura inadequada devido ao mobiliário escolar inadequado. Os especialistas recomendam o uso de cadeiras e escrivaninhas com altura regulável, que podem ser ajustadas à altura de cada criança, favorecendo assim sua postura. É aconselhável que o professor corrija a postura dos alunos, pedindo que eles se sentem o mais recuado possível na cadeira, que mantenham as costas retas e os cotovelos apoiados.

- A alimentação. Tanto o café da manhã quanto o almoço e o jantar devem ser fatores a que os pais devem estar atentos no dia a dia dos filhos. O sobrepeso e a obesidade infantil são agentes que contribuem para o desconforto nas costas das crianças, o que torna a prevenção cada vez mais necessária. As crianças devem evitar consumir açúcares e gorduras saturadas, incluindo pãezinhos industrializados, "lanches" e refrigerantes.

O ideal é trazer sanduíche e frutas para o lanche escolar. Você não pode ignorar o que dizem os especialistas. Dizem que se uma criança sofre de dores nas costas na adolescência, aumenta o risco de sofrer de dor crônica na idade adulta.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Os grandes inimigos das costas das crianças, na categoria Ortopedia e traumatologia presencial.


Vídeo: 8 DICAS PARA VOCÊ SER O MELHOR NO FREE FIRE!!! (Julho 2021).